Blogger Widgets Blogger Widgets

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Piscicultura e Aquicultura

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Quem teve, pela primeira vez, a ideia de aliar a irrigação ao projeto de gerar energia nas PCHs do rio dos Patos ao longo dos canais foi o Sr. João Doubchak, da comunidade de Nova Galícia, ainda em 2009, quando o engenheiro Ivo Pugnaloni, diretor presidente da ENERBIOS e responsável técnico pelos projetos o visitou em sua propriedade. 

Recentemente, em reunião mantida entre a ENERBIOS e o piscicultor Carlos Pontarollo, que também é parceiro da ENERBIOS na PCH Km 14, mas na margem direita do rio, o mesmo apresentou uma solicitação de que a empresa o ajudasse a resolver um grave problema: o do custo da energia elétrica gasta para bombear água do rio para os 17 tanques de peixe que opera em seu estabelecimento.