Blogger Widgets Blogger Widgets

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Prudentópolis recebeu ENERBIOS

Ontem pela manhã, dia 03.01.14 o Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Prudentópolis (CMDRS), dirigido por Leonardo Bonetti, pecuarista de leite, da EMATER, e  Marcia Rios, da Secretaria Municipal de Agricultura, recebeu na Câmara Municipal a visita do diretor da ENERBIOS, engenheiro Ivo Pugnaloni, que fez uma explicação sobre os projetos das hidrelétricas no rio dos Patos e sobre os projetos ambientais a eles assessórios.

Várias perguntas dos conselheiros foram respondidas, tornando mais clara a forma como a energia poderá ser gerada com a nova tecnologia das pequenas usinas, que não vão alagar no total mais do que 3,5 alqueires, sem atingir nenhuma cachoeira.

Também foi tratada, a pedido dos conselheiros, a questão do porquê não ter ocorrido ainda a emissão da Certidão Municipal de não existência de óbice quanto à legislação de uso do solo. Na ocasião o presidente da ENERBIOS demonstrou absoluta tranquilidade e confiança em que o Prefeito Municipal, agirá para com a ENERBIOS da mesma forma como agiu com relação à empresa DOIS SALTOS, que obteve da prefeitura a citada certidão já em 2011.

“O princípio básico da isonomia de tratamento está na Constituição Federal, segundo a qual todos são iguais perante a lei. Temos certeza que a Certidão nos será também fornecida porque tal como a usina da empresa privada Dois Saltos, as usinas da empresa privada ENERBIOS também não apresentam qualquer interferência com o atual Plano Diretor do Município. Vale notar que essa Certidão se destina apenas para que possamos protocolar os estudos ambientais no IAP, não desobrigando a ENERBIOS de no futuro, conseguir da Prefeitura o Alvará para construção.”, afirmou Ivo Pugnaloni.

Quanto aos programas ambientais, o presidente da ENERBIOS disse que o programa de Bacia Leiteira, implementado pelo CMDRS pode ser perfeitamente incluído como mais um dos programas ambientais de desenvolvimento sustentável do projeto Vale do Rio dos Patos.

“Produzir leite é uma alternativa excelente, especialmente para propriedades menores dirigidas por famílias tão organizadas e dispostas ao trabalho como as da nossa região. Temos ouvido relatos muito interessantes como os da Dona Lídia Saviski, que recomenda fortemente aos casais mais jovens que partam também para essa alternativa.”

Ivo Pugnaloni deve reunir-se ainda esta semana com os Conselhos Municipais de Saúde, Educação, Criança e Adolescente e Conselho Tutelar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário